Izabella Cordeiro

Aquarela e Lifestyle

Coloração do sapo Hipster


 Pra você que tá aqui no blog pela primeira vez, nesse cantinho eu falo de ilustração, desenho, inspirações e quase tudo voltado pra arte de desenhar tanto no digital quanto no tradicional. Eu passei praticamente o mês de Janeiro inteiro com várias ideias para projetos pessoais maravilhosos e queria começar a colocar em pratica, eu até estipulei um prazo para cada um e que em Fevereiro pelo menos algum teria de ficar pronto mas estou passando por um bloqueio criativo gigante!

Neste final de semana acabei por desistir um pouco de forçar a mente a criar algo novo e fui folear umas ilustrações antigas, eu gosto de ver o quanto mudei e observar os rascunhos que fazia atoa. No meio dessa bagunça de papeis encontrei vários sketchs que estavam bacanas mas foram deixado de lado. Comecei a resgatar todos eles e pensei: Vou fazer! Sem me dar um prazo ou obrigação, irei refaze-los para relaxar.

Iniciando a ilustração



Como eu já tinha o desenho pronto em nanquim eu só scaneei e fiz a line art, mas fiz de forma de diferente. Dessa vez eu resolvi fazer toda a ilustração colorindo com tons de cinza - nesse caso está com pouco de amarelo, mas vale - Eu finalizei toda a ilustração do sapo Hipster com esses tons, vi aonde poderia ser escuro, claro, e etc. Eu gostei bastante de fazer dessa forma pois trabalhar com Illustrator não é o mesmo que fazer uma pintura digital, precisamos criar formas e preenche-las com cor.

Deixando esses tons de cinza eu pude ver se estava tudo perfeitamente correto, tudo se encaixando sem deixar sobras entre um vetor e outro. Sendo assim dando um profissionalismo maior na ilustração, e é claro que tomou tempo, quanto mais perfeito mais tempo levamos para fazer, porém em compensação o resultado é só amor pelo seu trabalho.

Falando das cores



Escolher as cores é uma das tarefas mais complicadas pra mim pois elas transmitem sensações e a energia da ilustração. Depois de definir as cores que iria usar eu comecei a substituir os 'cinzas'. Vou dizer que amei esse método pois dá pra ir visualizando como as cores irão se comportar uma com as outras.


  • O que acha de um assunto mais intenso sobre como faço para colorir no ilustrador?

Aplicando texturas 




O Adobe illustrator não é como o photoshop, logo, não possui um brush de textura normal, tudo é criado em vetor, o Illustrator até possui uns brushes semelhantes a lápis mas ainda assim não era o que procurava, eu estava sentindo falta de algo mais e eram as texturas, fui a procura de brushes prontos que fossem semelhantes a essas tais texturas do Photoshop e encontrei no site do ilustrador Dan Gartman para comprar e achei maravilhoso!

Os brushes que comprei são todos em vetor, tudo são pontos e podem ser editados, dimensionados, deformados. Deve existir um certo cuidado na hora de aplica-los para não encher seu trabalho de layers que irão se perder. Eu testei minhas novas texturas e achei maravilhoso! Era o que estava procurando para dar um toque final nas ilustrações.

Etapa Final 


Usando Paint too Sai, um programa que acho uma delícia para desenhar, fiz as texturas finais, as linhas do desenho e alguns detalhes que só poderia ser feito no Sai ou no Ps, esses detalhes foram nas folhas, no cachecol do sapo, na meia e em outras partes pequenas que deram um acabamento incrível ao sapinho hipster.

Comentários

back to top